Criar conteúdo para e-commerce é um esforço interessante para aumentar o alcance da marca na internet e torná-la mais conhecida entre os consumidores. Se bem-sucedido, esse processo resulta no aumento das vendas e, quem sabe, na criação de um público altamente fidelizado.

Investir em um e-commerce já é uma das alternativas mais promissoras para divulgar e vender produtos, independentemente do seu público-alvo. A rapidez e a praticidade da experiência online incentivam os consumidores a digitalizar toda a jornada de compra, desde a fase inicial até o momento da decisão.

A partir de ferramentas como o Google, o público tem acesso a um enorme volume de conteúdos relacionados aos seus interesses. Nesse processo de aprendizado, os consumidores se relacionam com os materiais de diferentes empresas, que buscam atraí-los para seus canais. É aí que entra o Marketing de Conteúdo.

A partir da implementação das práticas mais adequadas, é possível produzir conteúdo para e-commerce de modo a atrair, reter e fidelizar sua persona. Quer saber mais? Neste texto, vamos nos aprofundar nos seguintes tópicos:

  • Por que é importante fazer conteúdo para o seu e-commerce?
  • Como fazer conteúdo para e-commerce?

Continue lendo e confira!

Por que é importante fazer conteúdo para o seu e-commerce?

Se você já vende suas soluções na internet, provavelmente tem uma ideia da atual relevância do e-commerce. Trata-se de um dos setores mais promissores, com taxas de crescimento que superam ano após ano. Em 2020, impulsionado pelo isolamento social causado pela pandemia, o setor cresceu cerca de 47%, alcançando o maior índice em 20 anos.

A tendência é que esse movimento continue. Ao mesmo tempo, cada vez mais empresas percebem o potencial desse tipo de negócio e começam a competir pelo mesmo espaço. As estratégias variam. Algumas lojas focam toda a sua atenção no impulsionamento de anúncios pagos, o que alavanca o alcance, mas pode ser pouco efetivo na conexão com o público.

Isso ocorre porque estamos lidando com o consumidor 4.0. Esse perfil é caracterizado pela familiaridade com o ambiente digital, o costume de buscar informações antes de realizar uma compra e a importância dada a relações comerciais humanizadas.

Em outras palavras, o público moderno preza por experiências completas, que ofereçam conteúdos relevantes.

É por isso que, para cativá-lo, nada melhor do que criar um site não apenas para vender produtos, mas também para oferecer materiais ricos, que o aproximem da marca e ofereça a segurança necessária para a tomada de decisão de compra. 

Como fazer conteúdo para e-commerce?

Além de informar, engajar e convencer o comprador, a criação de conteúdos para e-commerce facilita sua atração. Para isso, é claro, você precisa conhecer um dos pilares do Marketing Digital: as técnicas de SEO. Elas têm como objetivo otimizar seus materiais para os mecanismos de busca, possibilitando que eles sejam encontrados pelos usuários.

Os esforços de SEO podem ser executados tanto nas páginas quanto fora delas. O uso de meta descrições, por exemplo, é um exemplo de ação direcionada ao ambiente externo da página, enquanto noções de escaneabilidade e a inserção de intertítulos são fatores considerados on page.

Se bem executada, essa abordagem pode colocar suas páginas entre os primeiros resultados das SERPs, aumentando a possibilidade de a persona chegar ao seu conteúdo. Com o tempo, uma estratégia efetiva gera autoridade para a marca, que se torna mais relevante no ambiente digital e forma um público fidelizado.

Mas, afinal, quais são as melhores dicas para você usar o conteúdo a favor da sua loja virtual? Confira o que separamos para você!

1. Tenha um blog atualizado

O blog é a porta de entrada para os demais conteúdos. Nele, você pode postar artigos sobre diferentes assuntos, desde sejam de algum modo relacionados aos interesses da sua persona. É fundamental mantê-lo atualizado, de modo a cativar no leitor o hábito de visitar a página periódicamente.

A atualização constante do blog é importante, também, para mostrar ao Google que você tem uma estratégia estável de conteúdo. Isso gera mais autoridade para o domínio e possibilita o alcance de um público ainda maior. Contudo, é preciso lembrar: qualidade importa mais do que tudo.

Não adianta atualizar seu blog diariamente com conteúdos repetitivos ou sem relevância. Por isso, trabalhe com um calendário editorial bem definido e separe tempo e recursos para a produção de material que realmente ofereça valor à audiência.

Nesse processo, é vital hospedar suas páginas em uma plataforma amigável ao Marketing de Conteúdo, como a Rock Stage.

2. Saiba usar as palavras-chave 

Quando alguém busca um termo no Google, o algoritmo realiza um mapeamento para encontrar as páginas que melhor se adequam à pesquisa. Nesse processo, entre muitos critérios, o bot analisa as palavras-chave inseridas em espaços estratégicos, como o título de um post e a descrição de um produto. É fundamental saber como utilizar esses recursos.

Para isso, realize uma busca de palavras-chave com o objetivo de identificar aquelas que aparecem com mais incidência na atividade da sua persona e, ao mesmo tempo, tenham algo a ver com as soluções que você oferece.

3. Use textos com imagens 

O uso de imagens e outros recursos visuais é crucial em diversos aspectos. Para começar, essa iniciativa agrega valor ao conteúdo, tornando-o mais vistoso para o público. Porém, seus benefícios vão muito além do fator estético e podem otimizar o próprio entendimento do leitor. Imagine, por exemplo, que seu post fala sobre um produto complexo.

Nesse caso, pouco adianta gastar linhas e linhas descrevendo suas funcionalidades para o leitor. Por outro lado, uma imagem ou infográfico pode ser o suficiente para ilustrar a situação e facilitar a compreensão da audiência. Com isso, você vai cultivar um público mais bem informado e mais satisfeito com a experiência.

4. Construa um FAQ completo 

O FAQ é um dos conteúdos mais importantes quando falamos em e-commerce. A página, cuja sigla representa Frequently Asked Question, reúne, justamente, as perguntas mais comuns entre os visitantes. Dessa forma, em um só espaço, traz as respostas para os principais questionamentos que podem surgir entre os potenciais clientes.

5. Alinhe a estratégia de diferentes canais

Além do blog, é fundamental trabalhar com outros canais, como as redes sociais. Cada frente deve contar com uma abordagem única, que leve em conta as características do canal em questão. Apesar disso, é fundamental que toda a estratégia seja interligada, de modo a explorar e potencializar os benefícios de cada plataforma.

Quer um exemplo? Você pode utilizar seu Instagram para exibir imagens de um novo produto e direcionar os interessados para um material avançado em seu blog, onde o leitor poderá obter informações mais aprofundadas. Dessa forma, cria-se uma experiência completa, com grandes chances de terminar em conversão.

A criação de conteúdo para e-commerce pode representar uma vantagem competitiva para sua empresa. A partir dessa prática, você aumenta o potencial alcance do negócio, fortalece a reputação da marca e oferece experiências completas e informativas para a persona. Conquiste seu espaço na internet e expanda seus horizontes!

Como você viu, o sucesso em uma estratégia de conteúdo está na qualidade da experiência da persona. Que tal continuar aprendendo? Neste texto, explicamos como melhorar a velocidade de carregamento do seu blog ou website. Confira!

*Artigo escrito pela equipe da RockContent: