Decidi investir no Marketing de Afiliados, e agora? Como administrar a comissão do meu programa de afiliados?

Ter um programa de afiliados é um grande passo para todo empreendedor, pois é uma estratégia de baixo custo, que tem resultados muito vantajosos.
Uma etapa muito importante neste investimento, é entender a maneira ideal de comissionar seus parceiros.

Por isso, abaixo iremos abordar os principais passos para que você remunere seus afiliados, gerando benefícios para eles e também para seu negócio.

Como administrar a comissão do meu programa de afiliados?

Antes de determinar a comissão de seus parceiros, é essencial fazer algumas considerações. Entre elas, está analisar o quanto a empresa tem investido no produto e sua manutenção, assim como observar o mercado e suas possibilidades.

Além disso, é importante promover condições de trabalho favoráveis e atraentes para seus afiliados.

Faça um levantamento dos custos totais

homem com calculadora, lista de items e moedas

Seja seu produto físico ou digital, ambos têm seus custos de criação e manutenção. Desta forma, você terá de fazer um levantamento de todos os seus gastos.

É muito comum que os gastos com produtos digitais sejam ignorados ou desconhecidos pela maior parte das pessoas. Porém, desde o início, custos com energia elétrica, internet, ferramentas de trabalho devem ser considerados.

Na medida em que o negócio cresce, surgirão novas despesas, que podem envolver a contratação de funcionários, aluguel de um escritório, investimento em anúncios, ou mesmo, a adesão de novos softwares.

Lembre-se que esse também é um passo importante se você deseja fazer uma boa gestão do seu programa de afiliados.

Portanto, ponha “na ponta do lápis” todas as suas despesas mensais e depois divida o valor total pela quantidade média de produtos vendidos no mês.

Por exemplo, imagine que você comercializa um curso online e tenha um total de 3.000,00 reais de despesas mensais. Supondo que você venda uma média de 250 acessos ao mês, o preço de custo será 12 reais:

R$ 3.000,00 / 250 = R$ 12,00

Com esse valor definido, siga para os próximos passos, que abordaremos a seguir.

IMPULSIONE SEU NEGÓCIO
E MULTIPLIQUE SUAS VENDAS

Crie seu próprio programa de afiliados

e tenha liberdade para escolher o meio de

pagamento mais vantajoso para seu negócio.

Faça uma escala de comissionamento

Com o passar do tempo, é comum que entre seus parceiros haja diferentes estágios na jornada de afiliação. Esse detalhe influencia diretamente no desempenho de cada afiliado. Por isso, talvez seja interessante estabelecer comissões, ou mesmo incentivos, de acordo com cada etapa.

Confira alguns exemplos:

montes de tamanho crescente ao lado de um homem que pensa

  • Comissão padrão: é o valor fixo ou a porcentagem que seus afiliados recebem por ação: uma venda direta, captura de leads, indicação de novos afiliados, etc.
  • Nível de desempenho: pode ser um bônus ou um aumento na comissão de acordo com o desempenho do afiliado.
  • Comissão VIP: geralmente, é direcionada para influencers em geral ou especialistas no nicho, pois podem aumentar as vendas de um programa de afiliados de maneira significativa. Por isso, é interessante considerar um pagamento mais alto para essa categoria.
  • Bônus de primeira venda: pagamento especial pela primeira venda. É um bom recurso para incentivar o parceiro a começar a divulgação do produto ainda mais rápido.
  • Recompensas por metas: são gratificações que o afiliado recebe na medida em que alcança as metas de venda.

Lembre-se que, ao optar pelo uso de recompensas, você deverá considerar esse valor na definição de sua comissão padrão. O ideal é que o valor de ambas somadas não afete seu lucro ou crie a necessidade de aumentar o preço do produto.

Analise o Customer Lifetime Value (LTV)

Icon cliente infinitoA comissão paga aos afiliados se classifica como um custo para adquirir novos clientes. Portanto, é importante considerar o quanto de dinheiro estes clientes podem gerar durante um determinado tempo. O Customer Lifetime Value nada mais é do que uma métrica que o ajudará na definição deste valor.

Existem várias maneiras de fazer este cálculo, mas uma das mais simples é multiplicar o valor médio de cada venda pela frequência média de compra e, por fim, pelo tempo de retenção do cliente.

Por exemplo, imagine uma empresa que venda produtos e serviços por assinatura. Um destes serviços tem o valor de 300 reais mensais, com um tempo médio de retenção do cliente de 4 anos:

LTV = 300 reais x 12 meses x 4 anos = 14.400

Desta forma, o valor do LTV será de R$ 14.400,00.

Embora o LTV represente o valor máximo que você poderá pagar ao afiliado, é interessante que a comissão seja menor para manter seu negócio rentável. Mas considere que, quanto maior o tempo de retenção do cliente, maior poderá ser a comissão.

Vale ressaltar que, para negócios recorrentes, é possível estabelecer comissões durante toda uma assinatura. Mas, você também pode pagar uma comissão única pela venda, com um valor mais elavado.

Compare o valor de comissão praticado pela concorrência

mulher com gráfico de setor diferente em cada mãoPara ter uma comissão competitiva e atraente, você deve analisar o que os seus concorrentes já estão fazendo.

Além de verificar quanto é a comissão de um afiliado do seu nicho, você também poderá coletar outras informações importantes:

  • Como funcionam as comissões de afiliados: são usados valores fixos ou porcentagem?
  • Quais os métodos de pagamento utilizados?
  • Quais os prazos praticados: o afiliado recebe a cada venda ou após alcançar determinado valor?
  • Como são os bônus e as recompensas?
  • Quais as principais metas estabelecidas?

Provavelmente, você precisará criar uma conta e se inscrever no programa de afiliados do seu concorrente para ter acesso a todos esses detalhes.

É importante que você salve todas as informações em uma planilha. Assim, será muito mais fácil comparar todos os dados coletados e entender o que não pode faltar em um ótimo programa de afiliados.

Como definir a comissão ideal?

homem com a mão na cabeça e pontos de interrogaçãoAgora você poderá estabelecer a comissão mais vantajosa para o seu programa de afiliados e para seus parceiros.

Desde já, é preciso entender que não é possível estipular um percentual de comissão que funcione em todos os negócios. Produtos físicos e digitais podem ter margens de lucro bastante distintas, o que influenciará na decisão final.

O importante é que você siga os passos anteriores e, assim, chegue a uma conclusão mais precisa do que é melhor para sua empresa.

Caso você perceba que não poderá oferecer uma comissão tão competitiva como a do seu concorrente, busque encantar o afiliado com condições de trabalho mais promissoras, ou mesmo, recompensando-o por metas alcançadas, como citamos anteriormente.

Simplifique processos

linha espiral torna-se linha retaSabemos que, ao iniciar um programa de afiliados, é preciso assentar muitos detalhes, inclusive as regras de comissionamento. Mas, após fixar o valor da comissão e suas regras, é importante organizar o fluxo de pagamento. Com a ajuda de uma plataforma de marketing de afiliados, você poderá automatizar esta tarefa.

A Digital Manager Guru fornece suporte de comissionamento, integrado a um gateway de pagamento de sua escolha, que fará o envio automático da comissão para afiliados e coprodutores. Além disso, você contará com um sistema de afiliação completo, com opção para criar links de recrutamento e uma área de gestão exclusiva para os seus afiliados.

Conclusão

Então, como administrar a comissão do meu programa de afiliados? Embora não haja uma resposta única para essa pergunta, com as dicas que selecionamos neste artigo, você poderá encontrar o valor ideal, que beneficiará seu negócio e também seus parceiros de venda.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre como definir a comissão dos seus afiliados, deixe para nós nos comentários!