Com os vários anúncios no ar, torna-se difícil saber quais estão realmente gerando vendas, comprometendo o correto cálculo do ROI. Por isso é tão importante fazer o rastreamento de seus anúncios, pois isso irá ajudar a ter uma visão detalhada das suas campanhas.

Neste artigo, vamos mostrar como o uso de links rastreados vai te ajudar a tomar decisões mais efetivas e melhorar a gestão do seu negócio.

O que é, então, o rastreamento de vendas?

O rastreamento de vendas é um recurso que lhe permite saber a origem de suas conversões. Desta forma, você consegue saber, assim que os usuários clicam nos seus anúncios e efetuam uma compra, de onde eles vieram e mensurar os resultados com base em dados reais.

Esta funcionalidade é utilizada por equipes de marketing para analisar o desempenho de campanhas e anúncios. Esse rastreamento geralmente é feito de diferentes formas: por tags (UTMs do Google) ou por pixel de conversão (instalado na página).

Porque esta funcionalidade é benéfica para o seu negócio? Pense comigo, se o seu retorno é negativo, não vale a pena gastar dinheiro na forma que está usando para promover seus produtos/serviços. Esta ferramenta permite-lhe otimizar as suas campanhas de um modo mais eficaz e, consequentemente, aumentar o seu ROI, já que estará investindo em anúncios que geram realmente valor. 

Porém, os recursos atualmente utilizados podem ser um pouco confusos e dificultar a correta análise. Por exemplo, se você tem uma grande equipe a trabalhar o rastreamento de vendas com parâmetros de UTM (tags inseridas no final da URL), perde-se a padronização, podendo um anúncio receber a tag “Facebook” enquanto em um outro anúncio o colaborador usar “FB”. 

Já no caso do pixel, é necessário ter uma pessoa mais técnica na equipa, capaz de acessar o código da página e colocar o bloco de código no local correto. Se quebrar o código, ou colocar isso no lugar errado, pode ocasionar erro no carregamento da página.

Pensando nisso, o Guru lançou um recurso de Rastreamento Ponto a Ponto de Conversão (R.P.P.C), que faz essa monitorização de forma automática, a partir de links rastreados que você (ou sua equipe) coloca na campanha e em pontos estratégicos de suas páginas. Isso não só reduz o risco de “perder” UTMs pelo caminho, pelo erro de digitação de um termo, por exemplo, como ainda elimina a necessidade de ter planilhas sem fim. 

Rastreamento Ponto a Ponto de Conversão (R.P.PC), o que é e para que serve?

Rastreamento Ponto a Ponto de Conversão (R.P.P.C) – é uma funcionalidade exclusiva do Digital Manager Guru para monitoramento da conversão desde o clique na fonte de tráfego, avanço para o checkout, geração da venda e confirmação do pagamento(1)

rastreamento

Desta forma, ao utilizar esse recurso saberá, com precisão, quais campanhas são verdadeiramente lucrativas e identificar as vendas geradas por cada uma delas. Nossos indicadores são gerados com base nas vendas confirmadas(1) –  tudo isso graças a capacidade do Guru em cruzar as vendas com seus rastreamentos. 😉

Assim fica mais simples acompanhar o desempenho real de suas ações de marketing a partir de uma visão do funil de conversão

Além das estatísticas totais e diárias de conversão é possível combinar o rastreamento à a integração com anunciantes, responsável por importar automaticamente os custos com anúncios e fazer o matching com o rastreamento que manterá  atualizado em tempo real métricas como CPV(3), CPC(4) e ROI(5) da campanha.

(1) Considere este sendo o valor a receber pela venda, seja como produtor ou afiliado.
(2) Vendas confirmadas, ou vendas válidas, são aquelas que tiveram o pagamento confirmado. Ou seja, aquelas que você vai receber.
(3) Abreviação de Custo Por Venda.
(4) Abreviação de Custo Por Clique.
(5) Abreviação de Return Of Investment, ou seja, retorno sobre o investimento.

funil vendas

Estes quatro valores são calculados com base na receita total vezes o custo com tráfego (proveniente dos custos com anunciantes). Com base nisso, calcula-se então o ROI de rastreamento, o custo por clique (CPC) do rastreamento, o custo por venda ideal (tendo em conta o ROI de 100%, qualquer valor abaixo deste é bom, por contrapartida, acima deste valor é negativo) e por último o custo por clique (CPC) ideal, também calculado com base num ROI de 100%.

Tipos de Rastreamento Ponto a Ponto de Conversão (R.P.P.C)

Nós acreditamos que conhecimento não ocupa lugar, então, quanto mais informação tivermos melhores decisões tomamos. Tendo isso em conta, o Guru criou formas distintas de rastreamento: o Rastreamento de Vendas e o Rastreamento de Leads.

O rastreamento de vendas tem o objetivo de rastrear as conversões, que tem como finalidade levar o usuário a comprar de imediato algum produto ofertado em uma fonte de tráfego.

Enquanto que o rastreamento de leads tem o objetivo de rastrear os leads capturados e monitorá-los para identificar os pontos de conversão ao longo do tempo.

Os rastreamentos de vendas e de leads são construídos a partir da combinação de 4 possíveis elementos de rastreamento que o Guru disponibiliza: R.P.P.C de Vendas, R.P.P.C de Checkout , R.P.P.C de Captura e R.P.P.C de Leads. Sua estrutura de rastreamento deve ser configurada levando em consideração a estrutura de vendas utilizada(1).

(1)Para saber mais como configurar seus rastreamentos, consulte os seguintes tópicos: Rastreamento de Vendas e Rastreamento de Leads.

Como funciona o Rastreamento Ponto a Ponto de Conversão (R.P.P.C)

O fluxo do rastreamento funciona de uma forma bem simples, confira os passos a seguir:

  1. Quando você coloca o link rastreado em uma fonte de tráfego(*) e o usuário clica nele, o Guru contabiliza +1 clique para o respectivo rastreamento e direciona normalmente o usuário para a destino configurada;
  2. Se na página de destino, seu visitante clicar no botão “comprar” que contenha mais um link rastreado Guru conta +1 clique para o respectivo rastreamento. Se houver um formulário rastreado (RPPC de Captura)  e este for preenchido, o Guru soma +1 lead. 
  3. Ao clicar no botão “comprar”,  o usuárioé encaminhado para o link de pagamento (após a contabilização do clique).
  4. Assim que o usuário efetua a compra, o processador de pagamento envia a venda para o Guru
  5. Ao receber uma venda  o Guru faz o matching entre a mesma e o respectivo rastreamento, e atualiza o cálculo de vendas de geradas e confirmadas no funil de vendas.

Assim, com o sistema de rastreamento do Guru, você segue cada passo do seu potencial cliente e consegue ter uma visão bem detalhada do processo de conversão.

(*) A fonte de tráfego pode ser anúncio, serviço de mensagem, e-mail, artigo e etc.

fluxo

A partir da integração com os processadores de pagamento e uso dos links de R.P.P.C , o Guru correlaciona automaticamente as vendas geradas com cada R.P.P.C de Venda/Leads e R.P.P.C de Checkout criado.

Quem pode usar

Ficou ansioso para usar o nosso sistema de rastreamento? Que bom! 

Para poder ter uma visão detalhada do seu negócio e saber exatamente de onde vem suas vendas , você só precisa:

  1. Ter uma conta ativa no Guru (se ainda não criou a sua, clique aqui);
  2. processar as suas vendas em um dos processadores de pagamento disponíveis no Guru e ativar a respectiva integração;
  3. colocar os links de rastreamento do Guru nos locais indicados em sua estrutura de vendas, de acordo com o tipo de rastreamento desejado: de vendas e de leads.

Por que usar o R.P.P.C?

Por que você deve realizar um rastreamento de conversão ponto a ponto? Porque simplesmente saber por alto quantas vendas suas campanhas estão gerando não é suficiente!

Se você está gastando dinheiro em uma determinada campanha o que você espera é uma explosão de vendas. No marketing digital, não há nada mais básico do que usar um rastreamento de conversão para descobrir se esse investimento está realmente se pagando.

Porém, de nada adianta calcular o ROI, CPV, CPC e outros indicadores em cima de vendas que não foram confirmadas (ou foram canceladas posteriormente), pois os mesmos estarão distorcidos da realidade.

Digamos que esteja promovendo um produto como um curso online. Após cerca de um mês, você vê que está fazendo, em média, 2 vendas por dia. Se você está lucrando, isso é bom – e se você não estiver? Neste ponto, você não tem ideia se isso é porque as vendas geradas pela campanha não tiveram os boletos pagos ou se você está gastando demais na campanha errada!

Por outro lado, digamos que você está obtendo lucro. Nesse caso, o R.P.P.C pode não parecer tão crítico – mas considere quanto dinheiro a mais poderia lucrar, se você descobrisse que, por exemplo, a “Campanha A” apresentou uma conversão real de 1,89% com 25 vendas confirmadas do total de 61 vendas geradas. Enquanto a “Campanha B” gerou duas vezes mais vendas (122 vendas) no mesmo período, porém apresentou uma conversão real de 1,5% com 30 vendas confirmadas.

campanhas exemplo

De posse do desempenho real, fica claro que você deveria então reduzir o investimento na “Campanha B” e escalar a “Campanha A” aumentando seu retorno sobre o investimento! Por outro lado, como o anunciante só consegue contabilizar a conversão em cima das vendas geradas você, possivelmente, escalaria a “Campanha B” – menos indicada.

Como o R.P.P.C pode ajudar a aumentar seus lucros

No nível mais básico, o R.P.P.C vai ajudar você a descobrir quais ações de marketing estão dando mais resultados e onde o dinheiro pode ser melhor investido.

Isso ajuda você a descobrir quais campanhas geram mais resultados além de comparar o desempenho entre diferentes fontes de tráfego o que possibilita melhor tomada de decisão na hora de escalar ou pausar campanhas.

Como utilizar o R.P.P.C em suas ações de marketing

Se você ficou interessado neste sistema de rastreamento, mas não sabe como utilizar nas suas ações de marketing, não se preocupe! Nós preparamos um material específico para explicar como fazer isso, basta acessar este link.

Com o rastreamento correto das vendas você pode acompanhar o seu negócio de perto e ter métricas claras sobre as suas conversões, para tomar melhores decisões com base nisso.