Durante todo o ano, é normal que você leia, ouça e receba, em diferentes redes sociais, um grande número de comerciais, campanhas, ações de marketing, passatempos – o que você quiser chamar – sobre datas sazonais. Só para dar um exemplo, podemos falar do Dia dos Pais, que este ano se comemora no dia 09 de Agosto. Tudo isto é, na verdade, uma estratégia e cada vez mais uma tendência do mercado.

Esse maior fluxo de comunicação é normal, porque a importância para o varejo dessa data (lojas físicas e e-commerce) é realmente grande e movimenta muito dinheiro.

Tal como no Dia das Mães, que este ano teve um aumento de 60% nas vendas online (aumento que também foi causado pela pandemia do Coronavírus), este tipo de datas sazonais estão se tornando cada vez mais rentáveis, tal como aconteceu também no Dia do Consumidor, no primeiro trimestre de 2020.

No entanto, existe o outro lado da moeda: até que ponto vale a pena, para pequenos e médios negócios, esse investimento desenfreado nesse tipo de datas sazonais?

 

Vamos falar de números

Para começar, em uma data sazonal você tem muito mais gente anunciando – logo é mais difícil chegar ao seu cliente ou a um novo consumidor. Em segundo lugar, é natural, devido à procura, que o custo de um anúncio aumenta nas datas sazonais.

imagem datas sazonais

Por exemplo, um anúncio (ou investimento em mídia, por exemplo) que custaria “x” pode chegar facilmente a “5x”. Será que o seu ROI será proporcional? Será que vale a pena fazer um esforço econômico importante quando a concorrência por um clique e pela atenção dos consumidores é tão disputada?

Resumindo, custa muito mais dinheiro para você anunciar na Black Friday ou no Dia dos Namorados. É um fato! Datas normais não trazem, à partida, tanto retorno… E falando de números, temos que levar em conta a seguinte estratégia: vale a pena gastar uma parte da verba de marketing (de um mês ou trimestre, por exemplo) apenas para uma data sazonal, por mais importante que ela seja?

Apostar e investir em datas sazonais não deve ser o seu único plano de ação, pode ter a certeza! Por isso vamos falar abaixo de como podemos ajudar você a captar clientes com custo mais baixo e gerar receitas consistentes ao longo de de todo o ano.

 

Dica 1 – o seu cliente é importante o ano inteiro.

A única resposta correta para a pergunta “quando devo dar atenção aos meus clientes?” é: todos os dias! Esse é o grande desafio de qualquer marca, empresa ou negócio.

Não planejar ou desenvolver um plano de ação ou uma estratégia de vendas que tenha um âmbito macro, que contemple o ano inteiro, é um grande erro. Uma oportunidade perdida, ou que você está perdendo, de aumentar constantemente o seu faturamento. Lembre-se de que nenhuma relação com um cliente é pensada a curto prazo.

imagem dica 1

Há várias formas de estar em contato constante com os seus consumidores. Você pode apostar em:

➔ Newsletters;

➔ Ofertas do dia;

➔ Campanhas de e-mail marketing, postagens nas redes sociais e campanhas na sua loja online;

➔ Anúncios que reforcem o branding/posicionamento de sua marca, destacando-se assim da sua concorrência;

➔ Descontos ou brindes para quem se cadastrar no seu site, gerando assim mais leads qualificados;

➔ Links patrocinados e na busca orgânica em SEO.

Todos os consumidores dão prioridade a uma boa comunicação (integrada, envolvente e clara), a uma relação de confiança e transparência com as marcas. E isso melhora o posicionamento das marcas na mente do consumidor, fazendo que ela seja a mais lembrada (e procurada) no momento mais importante: o de promover a compra de um produto ou serviço.

Segundo um estudo da NeoAssist, 74% dos consumidores pagariam mais por um produto ou serviço se tivessem um atendimento melhor. E de acordo com o mesmo estudo, 72% pagariam até 20% a mais por esse atendimento qualificado. Isso quer dizer que a maneira como a sua marca interage com os seus consumidores pode refletir diretamente na forma como você vende.

Ah, e nunca se esqueça: conquistar um novo cliente custa 5 vezes mais do que manter um cliente atual. E de acordo com a Marketing Metric, a probabilidade de venda para um cliente ativo é 14 vezes mais alta do que a venda para um novo/potencial consumidor.

Dica 2 – Invista na estratégia certa para sua loja

Você deve estar preparado para um esforço contínuo quando o assunto é a apresentação do seu site e das suas páginas nas redes sociais. Pode acreditar: um layout clean e intuitivo gera empatia.

imagem dica 2

A forma como os produtos estão dispostos e categorizados, por exemplo, bem como as promoções existentes, podem fazer toda a diferença no momento da tomada de decisão da compra.

Um bom negócio online não deve partir de um pressuposto ou plano de ação sazonal. Um bom faturamento deve ser constante, equilibrado, e não apenas uma consequência de estratégias pontuais.

Portanto, em vez de pensar em datas sazonais para a criação de ofertas especiais, é melhor seguir outra linha de pensamento: o que é necessário fazer para vender ao longo do ano.

Dica 3 – Crie uma estratégia contínua de vendas

1. Identifique os produtos estratégicos do seu negócio

Como você já sabe, ter uma loja online é fundamental. Mas marcar presença na internet já não é suficiente nos dias de hoje. Você precisa e deve saber como manter um negócio sustentável, com altas taxas de conversão.

Ter muitos produtos ou serviços à disposição dos consumidores nem sempre é um bom negócio, sabia? Seus potenciais clientes podem ficar indecisos perante tantas ofertas, e o excesso de informação é um dos grandes inimigos de uma venda.

Ou seja, uma bom plano de ação é identificar os produtos estratégicos do seu negócio. Assim você consegue simplificar e melhorar a experiência de usuário no seu site, aumentando a satisfação dos clientes e as chances de vender mais.

E se você prestar atenção, vai descobrir (ou já descobriu) que cada vez mais empresas estão apostando no modelo de página monoproduto! Com este modelo, você pode vender mais oferecendo um único produto ou kits de produtos, focando todas as ações de comunicação em ofertas estratégicas.

2. Construa Landing Pages para esses produtos

Uma landing page tem um objetivo claro: levar o usuário a realizar uma nova ação, quer seja convertendo visitantes em leads (com ofertas como ebooks, webinars, descontos, períodos de teste, etc), quer funcionando como uma ferramenta para impulsionar a compra de um produto ou serviço.

Por exemplo, uma loja de roupa masculina pode criar uma landing page com uma campanha específica para datas sazonais (O Dia dos Pais, como já falamos acima), oferecendo os seus melhores produtos. E essa mesma loja pode também criar mais landing pages durante todo o ano, oferecendo diversos tipos de kits de produtos e também ofertas segmentadas apenas para alguns públicos-alvo, aumentando assim a possibilidade de o destinatário clicar e pagar.

Para facilitar, vamos mostrar um exemplo para você: a marca Litter-Robot (produtos de higiene para gatos) tem uma loja online tradicional (com carrinho de compras) onde oferece uma gama variada de produtos. No entanto, essa marca tem uma landing page específica onde todo o destaque vai para o seu produto-estrela. E se pensar bem, quando existem campanhas online, para onde você acha que a marca envia os seus visitantes?

3. Invista em um processo de Recuperação de vendas

Uma estratégia de recuperação de vendas ajuda na retenção de clientes do seu negócio online. E acredite, este é um dos maiores desafios para quem vende produtos e serviços pela internet e têm um impacto direto nos resultados de conversão.

Para saber a importância deste processo, basta pensar que é possível integrar as vendas realizadas (e não pagas) com a plataforma de recuperação de vendas, fazendo com que o setor de atendimento do seu negócio online receba automaticamente os dados da venda e realize um contato com o cliente em questão – de preferência, o mais rápido possível.

Outra opção é a integração com envios de emails marketing ou ferramentas de SMS, que, neste caso, enviam o boleto para o celular do cliente assim que o pedido é realizado. Em relação aos emails marketing e SMS, fica aqui a dica: o tempo de resposta a um email marketing é de 90 minutos, enquanto via SMS é de 90 segundos!!

4. Aposte em um Checkout de Alta Conversão

imagem dica 4

Para que um negócio online funcione de acordo com as estratégias e planos de ação traçados, uma das ferramentas mais importantes vai ser sempre o checkout de pagamento. Pense nas principais razões que levam as pessoas a comprar pela internet: conveniência e disponibilidade. Visto de outro ângulo, estamos falando de facilidade e praticidade. E o seu checkout de pagamento precisa ser assim.

Este deve ser eficiente e intuitivo, aproveitando ao máximo o impulso de compra, sem distrações desnecessárias. E, claro, com as taxas de conversão aumentando cada vez mais, deve ser otimizado para mobile – de acordo com uma pesquisa do SPC Brasil, 74% dos consumidores brasileiros usam o smartphone em pelo menos uma das  etapas de compra. E o número de pessoas utilizando o mobile para efetuar compras é muito alto: atualmente, segundo um estudo da FGV, existem no país mais de 230 milhões de aparelhos celulares ativos.  

5. Invista em Tráfego Pago e acompanhe as Métricas

Para ter no seu negócio online o público-alvo correto, o tráfego orgânico, na maioria dos casos, ou não funciona ou não é suficiente. Mesmo que os resultados possam ser bastante efetivos, uma estratégia de SEO só funciona a médio prazo (2-3 meses) e exige muito planejamento e estudo. E se você não tem uma grande equipe especializada em marketing de conteúdo, o tráfego pago é uma ótima alternativa, que oferece resultados expressivos e imediatos.

Falando das métricas, que são muito mais do que análise de dados, é essencial usá-las a favor do seu negócio. Para começar, você precisa criar objetivos e estratégias claros, com estimativas realistas e valores bem definidos para as suas campanhas. Mas para validar os resultados é necessário conhecer a origem de vendas e leads e acompanhar o ROI em tempo real.

Na prática…

E chegando aqui, você deve estar pensando: “Ok, mas como eu reúno tudo isso?” Bem, então chegou a hora de você conhecer a plataforma Digital Manager Guru, ou, abreviando, o Guru.

O Guru foi criado para ajudar empresas como a sua a vender online de forma simplificada, acompanhar a conversão do tráfego pago e automatizar processos de marketing e venda através de mais de 70 integrações disponíveis.

imagem dica 5

Como fazemos isso? É simples, através das funcionalidades a seguir:

→ Checkout Transparente – conecte um processador de pagamento e ofereça aos clientes uma experiência de pagamento simplificada, ágil, de alta conversão e com marcação automática de pixel.

→ Rastreamentos – mensure conversões, conheça a origem de vendas e leads, acompanhe o ROI em tempo real e identifique rapidamente os canais de tráfego mais rentáveis.

→ Integrações Inteligentes – automatize os processos da venda online conectando o Guru à sua plataforma de e-mail marketing, envio de SMS, recuperação de vendas, e-commerce, áreas de membros e muito mais!

→ Métricas Reunidas – acompanhe os resultados das vendas e campanhas de publicidade online e ganhe insights práticos para melhor direcionar sua estratégia de marketing digital.

Esta é a expertise do Guru, que ajuda você a tomar conta do seu negócio de forma simples e intuitiva, sempre com o foco no crescimento. Ainda não tem uma conta? Crie a sua agora mesmo e teste grátis por 14 dias!

Conclusão: existem sempre usuários dispostos a comprar

As datas sazonais têm a sua importância e isso é um dado adquirido. Mas focar a sua atividade online apenas em alguns momentos do ano compromete seriamente as suas estratégias de relacionamento, deixando seus consumidores longe de você – a proximidade é uma das característica mais importantes na ligação entre clientes e marcas.

Os consumidores estão à sua espera. Você só tem que pensar em despertar o desejo de compra para gerar novas oportunidades de venda, quer sejam datas sazonais ou não. Para isso é necessário traçar estratégias e ações de marketing digital e, por fim, combinar isso a um processo de gestão de vendas online. Ninguém melhor que você para conhecer o seu negócio. E assim, tal como nas métricas, tudo é uma questão de observação e equilíbrio. E como você viu, opções e ferramenta para impulsionar o seu negócio online não faltam.

E você, já tem uma estratégia de vendas para fidelizar seus clientes o ano inteiro?

mockup banner datas sazonais

Checkout de Alta Conversão

Conecte seu processador de pagamento e venda através
de um checkout ágil, com marcação automática de pixel e zero taxa.

Sem compromisso