Você está aqui:>>>7 fatos (e vantagens) das vendas online sem carrinho de compras

7 fatos (e vantagens) das vendas online sem carrinho de compras

No artigo anterior, explicamos porque ter um e-commerce nem sempre tem a ver com ter loja virtual — e mostramos alguns dos benefícios da venda online sem carrinho de compras.

Agora, vamos aprofundar os benefícios dessa modalidade de venda online, trazendo um novo caminho de possibilidades para o seu negócio garantir: posicionamento, relacionamento, foco, recuperação e fidelização de clientes.

Vamos contextualizar…

Muitos donos de negócios desejam começar a fazer venda online ou escalar suas vendas, mas não sabem por onde começar. Acreditam que o caminho único é a criação de uma loja virtual com vários produtos.

Mas a verdade é que você pode começar a fazer venda online com um único produto, e sem carrinho de compras.

Depois, você pode partir para a criação, divulgação e oferta de novos produtos para quem já é seu cliente e já conhece a sua forma de trabalhar e a qualidade oferecida, tanto do produto quanto do atendimento.

Essa também é uma forma interessante de utilizar a antecipação e começar a divulgar produtos em pré-lançamento, para avaliar a demanda existente e efetuar os ajustes necessários antes do lançamento propriamente dito, divulgando os produtos ao público alvo, coletando suas impressões e nível de interesse.

Para quem não tem e-commerce, existe também a possibilidade de se cadastrar como fornecedor em um dos marketplaces existentes, que são sites de venda contendo vários fornecedores.

Como exemplo de marketplaces temos o Mercado Livre, o ELO7 (para produtos artesanais) o B2W e o CNOVA (que fazem seus produtos serem ofertados em lojas grandes e famosas).

Deu para entender o que estamos falando? Se você quer realizar ou ampliar suas vendas online, mas ainda não possui loja virtual e não estava querendo criar um e-commerce neste momento, esses são caminhos para você.

E agora, vamos destrinchar alguns pontos que vão fazer sua cuca ferver de ideias para obter resultados como milhares de donos de negócios!  

A grande e indiscutível vantagem de vender um produto específico

Você está fazendo o lançamento de um produto. O que mais deseja, nesse momento, é atrair pessoas interessadas pelo item em questão…

Você deseja que muita gente compre esse produto específico e que ele se torne conhecido no mercado, certo?

Se for vendê-lo através de e-commerce, enviando o interessado a um site repleto de outros produtos, a chance desse potencial cliente navegar pelo site e ser impactado por outras ofertas é enorme.

Dificilmente ele ficará focado no item específico que você deseja vender.

Aliás, vale destacar que um checkout transparente, para os diferentes processadores de pagamento suportados pela plataforma, faz toda diferença.

Assim, é possível apresentar apenas o produto escolhido ao interessado, fortalecendo seus benefícios, forma de uso, marca, etc.

Outra vantagem é o uso para produtos personalizados, tais como consultorias, processos de atendimento individual, serviços de agências, entre outros.

O fato de ter uma única opção ajuda o potencial cliente a optar pelo produto mais facilmente, sem interrupções ou “saídas” que lhe tirem da página e deem a ele a oportunidade de nunca mais voltar.

A mágica da segmentação

A segmentação de mercado se trata de identificar num mercado heterogêneo um determinado grupo de indivíduos, com respostas e preferências semelhantes de produtos.

Isso costuma ser encarado como um poderoso instrumento que auxiliará o negócio a apresentar propostas que atendam aos desejos deste público-alvo.

A vantagem da segmentação a partir da venda sem carrinho de compras decorre do anterior, tendo em vista a divulgação de um único produto que vai suprir uma demanda, necessidade ou problema específico.

Ou seja, as pessoas que forem atraídas pelo anúncio, e-mail ou outra forma de divulgação, formarão um público bem-selecionado com quem você poderá se relacionar mais facilmente, já que possuem preferência e interesse semelhantes.

Você sabe exatamente o que essas pessoas procuram, qual a sua faixa etária, estilo de vida, hobbies, faixa salarial, etc. Com essas informações, pode criar campanhas que conectam essas informações com o seu produto.

Você pode começar a gerar conteúdos relevantes para esse público, usar a linguagem que eles usam, falar dos problemas deles que o seu produto resolve, mostrar como a vida deles será melhor após aquisição.

Criar um relacionamento próximo e focado com seus possíveis clientes aumenta significativamente a segurança e o valor percebidos por eles sobre a sua marca e o seu produto.

É possível entender mais o cliente, ajustar o seu produto à realidade dele, agregando mais valor. Portanto, a venda online será apenas o resultado de um caminho de conquista desses interessados, através de uma campanha de marketing personalizada.

Educo, logo vendo!

Vale a pena destacar que ao divulgar e vender apenas um item específico, é fundamental educar os interessados sobre o item. Para isso, a criação de conteúdos relevantes é o melhor caminho.

Exemplos de conteúdos que podem ser desenvolvidos e gerar muito valor aos leads:

  • Funcionamento do produto, com passo-a-passo e manuais ilustrativos.
  • Formas de uso do produto, com exemplos.
  • Benefícios do produto, mostrando os ganhos de quem adquirir.
  • Diferenças relacionadas aos produtos da concorrência.
  • Depoimentos de clientes satisfeitos.
  • Solução de problemas e dúvidas comuns.

Tais conteúdos podem ser desenvolvidos em texto, vídeos, infográficos, etc.

À medida que as pessoas começarem a consumir os conteúdos e se interessar cada vez mais pelo produto, a venda se torna muito mais fácil, já que se apresenta como caminho natural feito pelos interessados.

Quem não compra em um primeiro momento, fica com o produto em mente. E quem consome o conteúdo também passa a divulgar para conhecidos, sendo esta mais uma das vantagens de se fazer venda online sem loja virtual: criar fãs!

Os fãs vão divulgar sua marca e seus produtos, se tornando um grande apoio no fortalecimento da sua marca, de forma totalmente gratuita!

Recuperação de vendas

Caso perceba que algumas pessoas clicaram para ver os detalhes do produto, abriram os e-mails, acessaram o site e leram os conteúdos disponibilizados, mas não concluíram o pagamento, dá para recuperar esses leads e se relacionar mais diretamente com eles.

Interessante realizar um bom remarketing, quebrar objeções, trazer depoimentos de clientes satisfeitos e se mostrar disponível e acessível no WhatsApp, telefone ou e-mail até realizar a venda.

Agora imagine uma loja virtual onde o interessado pesquisou e colocou no carrinho vários produtos diferentes e sem ligação entre eles e desistiu da compra.

Nesse caso, não é viável fazer um remarketing focado, quebrando objeções, pois não será possível saber por qual produto o lead se interessou mais.

Agora, falando das pessoas que compraram o produto único, sem loja virtual, é fundamental realizar um pós-venda de maior proximidade, coletando percepções para avaliar qual o melhor funil de produtos que podem ser oferecidos em datas futuras para novas vendas online.

A criação de uma esteira de produtos

A criação de um funil ou esteira de produtos deve envolver itens da mesma linha de interesse do público alvo, com valores de tickets cada vez mais altos.

Por exemplo, se você vende produtos para fotografia e vendeu inicialmente algum acessório interessante a R$ 37, na próxima divulgação para quem já se tornou cliente, pode ofertar um tripé (valor mais alto do que o item vendido inicialmente), depois, uma lente ou um flash (com tickets ainda mais altos) e, por fim, oferecer a câmera e equipamentos para estúdio.

Vender para quem já comprou de você é mais fácil e menos custoso do que adquirir novos clientes. Philip Kotler afirma que a conquista de um novo cliente custa 5 a 7 vezes mais caro do que manter e vender novamente para alguém que já é cliente.

À medida que os clientes forem recomprando, você estará fidelizando sua marca, com um produto por vez na mente dos clientes, tudo isso realizando venda online sem utilizar carrinho de compras! 🙂

Fidelização dos clientes

Para que um cliente permaneça comprando de você em vez de ceder aos apelos da concorrência, não apenas o produto deve ser excelente e entregar os benefícios que promete, como também o seu relacionamento próximo com o cliente antes, durante e após a venda será levado em consideração.

A velocidade de entrega, a segurança passada por você nos conteúdos e durante a venda e a qualidade do produto também são fatores fundamentais para ajudar a manter os clientes colados na sua marca. Afinal, é melhor adquirir produtos de fornecedores já conhecidos!

Os clientes fiéis se tornam fãs, divulgam a marca de forma sistemática e consistente, aumentando o fluxo de vendas e fazendo com que o seu produto se destaque no mercado, podendo ter até um ticket mais alto – o que acontece com os smartphones da Apple, por exemplo.

É mais do que válido pensar na criação de um programa de fidelidade, que pode conter descontos progressivos ou sistema de pontuação para troca por produtos, descontos ou bônus.

Para os clientes mais fiéis, forneça um tratamento diferenciado, com brindes, combos de vários produtos agregados e/ou maior proximidade com você e com o seu negócio.

Agilidade na conclusão da compra

A existência do carrinho de compras gera a necessidade de carregamento de mais páginas no seu site, conforme demonstrado abaixo:

  1. I) LOJA VIRTUAL
  2. II) SEM CARRINHO DE COMPRAS

Como observado, o segundo processo é mais ágil e prático para o cliente.

A demora no carregamento de páginas, sobretudo quando o acesso é via dispositivos móveis, é uma das principais razões para a desistência e o abandono do carrinho de compras. Para se ter ideia, a média de carrinhos abandonados, observada no E-Commerce Radar foi de 82% de carrinhos abandonados em 2017.

Quanto mais fácil e ágil for o processo de compra, mais valor é agregado à sua marca e as vendas online só aumentarão.

Caso uma pessoa efetue a busca de um produto ou de um assunto na internet, no buscador Google, por exemplo, se você tem um blog ou uma página de rede social que possui algum conteúdo com as palavras-chave do assunto, será facilmente localizado pelo conteúdo e não diretamente pelo produto.

No caso da loja virtual, as pessoas serão levadas diretamente ao produto e impactadas por vários outros produtos da própria loja ou da concorrência.

Mais uma vez, percebe-se a praticidade da venda online sem carrinho de compras.

E agora, qual o próximo passo?

Se você realmente quer aumentar suas vendas online, percebeu que não precisa criar e gerenciar um e-commerce com carrinho de compras.

Uma simples estrutura pode te fazer concluir uma venda online, como por exemplo:

  • Um anúncio em rede social (Facebook, Instagram) que leva a uma página de pagamento.
  • Página de vendas que leva à página de pagamento.
  • E-mail ou mensagem no WhatsApp com link para página de pagamento.

A oferta e a venda são os últimos passos de um processo que se inicia na atração de clientes através da divulgação do produto por meio de conteúdos relevantes.

Após o consumos desses conteúdos, o interesse pelo produto vai aumentando consideravelmente. Nesse momento, deve-se estreitar o relacionamento, buscando entender mais as necessidades, dúvidas e dificuldades dos possíveis clientes visando demonstrar como seu produto pode ajudá-las.

Em seguida, vem a oferta e a página de pagamento. O caminho natural dos interessados.

Comece apresentando seu produto, estudando os clientes e a concorrência. Quando os clientes estiverem interagindo, tire as dúvidas e faça a oferta. A venda online acontecerá mais rapidamente do que imagina.

Colocando em prática essa forma de venda online, certamente você conseguirá mais agilidade, foco e seu poder de atração e convencimento ficarão cada vez mais fortes, fazendo mais e mais pessoas comprarem o seu produto, além de fidelizá-los para novas vendas.

Não perca mais tempo! Comece agora a vender usando suas redes sociais, WhatsApp ou e-mail! Com apenas um produto, já é possível gerar muito resultado e aprendizagem sobre seu público.

Aprenda sempre, evolua sempre e comece agora. Seguindo essas dicas, seu sucesso nas vendas online só tende a aumentar!

2019-01-03T18:37:16+00:00