O abandono de carrinho é a situação em que um usuário navega pelo e-commerce, seleciona os produtos, mas não finaliza a compra. E este é um dos principais vilões do e-commerce.

Diversas pesquisas apontam que a taxa de abandono de carrinho chega a mais de 70% em todo o mundo e, em decorrência deste problema, aproximadamente 4 trilhões de dólares deixam de ser faturados no e-commerce todo ano.

Aí mora um grande desafio para os lojistas, já que, quanto maior a taxa de abandono de carrinho, menor é a de conversão em vendas.

Portanto, é fundamental entender quais são os entraves que levam os clientes a abandonarem sua loja neste momento tão crucial, para eliminar essas barreiras, concretizar mais vendas e aumentar seu faturamento. Confira 7 dicas para contornar o problema do abandono de carrinho e comece hoje mesmo!

1.  Use alertas de saída de página

Muitas vezes, um cliente que enche o carrinho de produtos, acaba abandonando por estar distraído com outra tarefa, fechando a página e “deixando para depois”.

Para garantir que o interesse pelas compras se mantenha e que a venda seja efetuada na mesma hora, invista em alertas de saída de página.

Uma abordagem interativa e que traga um sentimento de pessoalidade é uma ação muito relevante evitar o abandono de carrinho.

Essa estratégia também é conhecida como overlay de abandono — quando o usuário tentar fechar a página e a plataforma o notifica de que ele ainda não finalizou a compra.

Faça o seu alerta de um jeito bem leve e divertido! Por exemplo, quando a pessoa direciona o cursor do mouse para fechar a página, implemente um pop-up com uma frase amigável, como “tem certeza que vai perder essa oportunidade?”.

Além disso, caso um dos produtos esteja passando por uma promoção, também é válido avisar que o preço poderá ser alterado em breve. O mesmo vale para produtos com baixo volume em estoque.

Evidenciar esses detalhes proporciona uma sensação de urgência para a compra, despertando no consumidor a necessidade de realizá-la.

2.  Faça campanhas de remarketing

Quando o abandono de carrinho já aconteceu, é fundamental investir em esforços para trazer o cliente novamente para a página de finalização de compra.

Portanto, aposte em campanhas de remarketing e retargeting, abordando o usuário novamente com produtos e/ou conteúdo que ele já buscou anteriormente.

As plataformas de anúncios online oferecem total suporte para que você consiga colocar uma campanha de remarketing em atividade.

O Google Ads e o Facebook Ads oferecem a criação de campanhas com esse objetivo, auxiliando a segmentar os usuários que já tiveram contato com a sua loja, atingindo-os com banners em suas plataformas.

Outra alternativa para tentar reconquistar a atenção do cliente é estruturar campanhas por meio de e-mail ou SMS.

Segundo a Business Insider, e-mails enviados em até 3h após o abandono do carrinho têm 40% de taxa de abertura e 20% de cliques.

Se for apostar no e-mail, use um título bem claro. Permita ao consumidor saber exatamente porque ele está sendo retargueteado, assim aumentam as chances de que a mensagem não seja ignorada.

Busque, também, se referir aos itens abandonados diretamente. Use imagens dos itens descartados e informe, se possível, fale a respeito da escassez do produto, exibindo quantos itens restam no estoque.

3.  Reveja o valor do frete oferecido

De acordo com uma pesquisa da Opinion Box, 65% dos clientes apontam o frete grátis como o principal fator que os estimulam a comprar online.

Um dos principais motivos para o abandono de carrinho é quando o frete torna a compra muito mais cara do que o esperado pelo cliente.

É, de fato, muito desagradável quando, na hora de fechar o carrinho de compras e colocar o CEP, o valor do frete se mostra absurdo – às vezes, até maior do que o valor do próprio produto.

Se você observa que há clientes abandonando o seu site apenas porque o frete é alto, por que não eliminar completamente esse problema e atrair novos clientes oferecendo frete grátis?

O primeiro passo para isso é estabelecer um valor mínimo. Embora você esteja custeando parte do valor da entrega, a tendência é que o ticket médio de seus pedidos aumente, compensando a diferença no frete.

Se não for possível oferecer frete grátis tente, pelo menos, articular preços melhores. Para isso, procure negociar com transportadoras. Em geral, quanto mais envios você tem, menos você paga.

Se você não está enviando quantidade suficiente para ter uma taxa mais competitiva, sua melhor opção é fazer uma boa previsão do volume de entregas com base na projeção das suas vendas.

Em geral, muitas transportadoras estão dispostas a conceder um certo desconto se acreditarem que serão consideradas como seu parceiro de longa data quando o seu volume aumentar.

4.  Utilize um checkout simplificado

É claro que você não pode controlar que o cliente deixe de receber uma ligação na hora de fechar a compra, seja distraído por um colega ou preste atenção em outra aba do navegador.

No entanto, está no seu controle reduzir as distrações na página de checkout, oferecendo uma experiência simples e confiável.

Guru + Mundipagg

Conecte sua conta Mundipagg e venda mais através de um checkout ágil, com marcação automática de pixel e integrações para marketing e pós-venda num só lugar.

Testar grátis >
mockup banner datas sazonais

Portanto, simplifique as páginas de finalização de compra e retire todos os links e menus desnecessários – mantenha o foco do consumidor na conversão.

Toda a página de checkout também deve ser otimizada para a conversão. Portanto, invista em uma plataforma de e-commerce com checkout ágil, com poucas etapas para a conclusão da compra.

Também é fundamental evitar soluções de pagamento que levem o cliente para outra janela do navegador. Prefira um gateway que crie formulários simples e peça somente as informações necessárias.

Com um checkout transparente, por exemplo, os clientes finalizam a compra sem sair do ambiente do seu e-commerce, aumentando ainda mais a retenção, a confiança e a facilidade na hora de realizarem o pagamento.

Também é importante situar o consumidor durante o processo. Para isso, use botões de call to action visíveis, claros e objetivos, além de informações do progresso da compra, para que ele visualize quais etapas já passou e quais ainda faltam.

5. Invista na segurança do site

A falta de segurança no seu site pode ser um grande empecilho para a conversão em vendas.

Um site que não possui um certificado de segurança, avaliações dos usuários e outras boas práticas podem deixar os clientes na dúvida se devem, ou não, fornecer seus dados.

Dessa forma, é fundamental tomar alguns cuidados que garantem a queda da taxa de abandono de carrinho na sua loja:

  • evite redirecionamentos para fora do seu site: além de deixar o usuário confuso, sair do site em que ele estava pode deixá-lo desconfiado e com medo de finalizar a compra;
  • invista em certificados de segurança: se seu site aceita pagamentos via cartão de crédito, com certeza você precisa utilizar protocolos de segurança SSL;
  • incentive comentários de clientes satisfeitos com seus serviços e dedique uma área para esses depoimentos, trazendo, assim, uma credibilidade maior para seu serviço.

Outra alternativa importante para garantir a segurança dos dados do cliente, bem como prevenir seu e-commerce de compras fraudulentas, é adotar uma solução antifraude.

Contrate uma solução independente ou um sistema de pagamentos que tenha essa solução incorporada.

6.  Facilite a recuperação de carrinho

Além das campanhas de remarketing, há outras funcionalidades que auxiliam na recuperação de carrinho, como é o caso do link de checkout.

Enviar um link de checkout permite que você alcance os seus clientes onde eles estão e facilita a finalização do pagamento em qualquer lugar.

Você só precisa configurar o disparo de um SMS ou e-mail, para que o cliente receba uma página responsiva de checkout e conclua a compra em ambiente seguro.

7.  Disponibilize mais de uma forma de pagamento

Se frustrar na hora de pagar porque alguma opção de pagamento não foi oferecida soma 8% ao share de carrinhos abandonados, segundo a pesquisa do Moosend.

Escolher a forma de pagamento do seu negócio é mais importante do que só viabilizar pagamentos – serve também para garantir a fidelização de clientes.

Portanto, cabe ao lojista olhar não só para o seu negócio, mas principalmente para as necessidades do seu público.

Se muitos dos seus clientes não costumam usar cartão de crédito, não deixe de oferecer boleto e débito online.

Se os seus produtos têm uma média de preço elevado, pode ser que a maioria dos clientes deseje parcelar em várias vezes. Então garanta essa possibilidade!

Quanto mais opções de pagamento você oferecer, mais chances tem de atender a todos os clientes da sua loja, garantindo a melhor taxa de vendas.

Tenha, também, multiadquirentes – ou seja, que seu negócio tenha conexão com várias empresas processadoras de cartão.

Com diferentes adquirentes, você sempre tem um backup e não perde vendas por conta de falhas de conexão com o banco ou a adquirente.

Assim, o seu cliente não abandona a página sem finalizar o pagamento. Há sempre uma segunda alternativa para transacionar.

Ficou mais claro para você como evitar o abandono de carrinho? Então é hora de contratar a melhor solução de pagamentos do mercado, que auxilia você a colocar várias dessas dicas em prática.

A Mundipagg é uma empresa do grupo Stone Co. que oferece a melhor solução em gateway de pagamento.

Você tem total flexibilidade para personalizar os meios de pagamento do seu negócio, integrando com uma ou mais adquirentes, vouchers, boleto bancário, checkout simplificado e sistemas de antifraude.

A Mundi garante a maior taxa de conversão do mercado e um atendimento 100% pessoal. Solicite uma proposta agora mesmo!

*Artigo escrito pela equipe da Stone Co. Digital: